Observação Universal

"Quando alguém pergunta pro autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro." [Mário Quintana]

sábado

Meio desligada...



"Alguém me explica isso?
como assim pensar em você o dia inteiro...
É injusto para o nosso pouco tempo de vida!
Vejo-te por segundos assim de longe e você fica
fica alheio, invade todo os meus pensamentos
desanda a minha cabeça
faz até eu "ver coisa"
Odeio sua presença no além, odeio suas visitas compulsórias
 e quando te vejo
odeio as borboletas que violentamente batem asas em meu estômago.

Aconteceu assim... involuntariamente
e depois, criei repercussões particulares.
para privar-me de qualquer infelicidade
[Você faz bem para mim]
até essas borboletas inconvenientes
por conta da desconcentração, calafrios... e dores no peito
- fui ao médico por descuido
e ele, experiente em relações humanas
disse que meu problema é agudo...
e quase que incurável!
A dor no peito, o calafrio e a desatenção.....
faz parte daquela coisa, que hora ou outra nos assombra...
boa ou ruim.. ela sempre vem!
Acho que até faz bem ficar assim:
Neste estado de estar platônico!"

Um comentário:

Rafael disse...

Acho lindo tudo que você escreve, passei a manhã lendo tudo. Pudera eu ser razão pra tal inspiração, ser o responsável por suas borboletas rs.
Um beijo minha escritora predileta.