Observação Universal

"Quando alguém pergunta pro autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro." [Mário Quintana]

domingo

Nostalgia Dominicana



É domingo, é só isso
que chatice.
falta o ânimo
e apetite
e diversão... desiste.
É domingo...
dia quase insignificante
E ele sabe, e se envergonha
tenta sempre e quase ganha
Mas o sábado é imponente...
conta com a sexta...
Intensamente.
Dias, mas que dias.
São frações da vida...
de segunda à quinta
Correria...
no final da sexta:
Alivia...
E no domingo...
Nostalgia.

2 comentários:

Fernando J. Pimenta disse...

Adorei esse, Karen. Você traduziu a concepção que quase todos nós (eu inclusive) temos da semana...

Domingão tem sempre uma cara nostálgica... sexta-feira é o grande alívio... segunda à quinta o sufoco apertado... sábado imponente porque amparado na sexta-feira de bonança...

Pô, meus parabéns, querida! Juro pra você que quando eu arrumar um tempinho (estou com 10 matérias na facul...rs... FDS serve só pra estudar e ler...), nós sairemos para algum lugar muito bacana, se você topar.

Até lá, um abraço!

Nicolau Ponte Preta disse...

Olá td bom,estou divulgando este documentário, se puder assistir, vale a pena. Obrigado.

http://nosolhosdaesperanca.blogspot.com/

Resenha:

Jânio é um rapaz de vinte anos que foi preso na orla da praia da Cidade de Praia Grande confundido de fazer parte de um grupo de jovens que promoveram um arrastão. Mesmo sem provas ficou preso durante 11 meses. Leide e Francisco a mãe e o pai de Jânio precisaram lutar para provar a inocência do filho, enfrentando a principal dificuldade que esbarra num problema social ainda não resolvido no Brasil.

"Ser pobre é ser culpado até que se prove ao contrário?"