Observação Universal

"Quando alguém pergunta pro autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro." [Mário Quintana]

sexta-feira

O Alabama


"Ele não estava em busca de aventura, ele estava em busca de si mesmo." [Alexander Supertramp]

A gente se perde em alguns momentos...
mas eu fico tranqüila, uma hora a gente se acha.
O bom de se perder, é que a gente se procura
Sabe?
A gente revê todas as nossas opiniões, todos os nossos amigos
todos os nossos passos e retrocessos...
Eu sempre me perco... Acho que desde que aprendi a falar me faço a pergunta:
Será que vale a pena ir mais à frente?
Ah mas ela nunca me serviu de parâmetro pra coisa alguma, independente da insegurança eu sigo em frente
perdida, mas à caminho...
Entende?
O que quero dizer no final é que: com luz, sem luz, em uma estrada esburacada, e cheia de obstáculos, ou um caminho manso, sem grandes emoções... O importante é caminhar...
Caminhar, ir adiante...
No final você vê no que vai dar...
Vitória ou Derrota?
Eu não sei, na verdade eu NUNCA sei...
Só sei que no final, vou ter muita história pra contar.
[amém]


*** Livro: Na natureza selvagem

4 comentários:

mariliana disse...

alice!

Fernando J. Pimenta disse...

Uma prece bonita. Ou seria uma canção... uma canção ora triste, ora alegre, mas sempre de esperança, como nossa Alice no país das maravilhas, segundo a interpretação da Mari acima.

Caixa Preta disse...

Estou em um núcleo de pesquisa que tem tudo a ver com o seu blog, sobre o caos calmo, sobre o lugar dentro do “não-lugar”, sobre o perder-se para encontrar-se... Enfim, em breve você vai ver o resultado desta pesquisa, eu estou fascinado! Chamamos a pesquisa de “O homem desenraizado – historias do não lugar’...

Turma 39. disse...

Deixe-me ir preciso andarm vou por ai a procurar, rir pra não chorar.